26 de julho de 2007

Não ao cofrinho!



Não tem coisa pior que ver o cofrinho dos outros. As pessoas deveriam tomar mais cuidado. Com a propagação das calças de cintura baixa ou baixíssima, ver cofrinho alheio se tornou uma cena comum. As calças de cintura baixa, ao contrário do que muitas mulheres pensam, não favorecem muitos biotipos, mas isso é assunto para outro post. Existem diversas formas de evitar o cofrinho. Uma delas é usando o body. Lembra dele? Aquele collant parecido com o das bailarinas. Além de evitar embaraços quando abaixamos, ele modela o corpo também. Dá uma disfarçada na barriga e deixa o corpo mais longilíneo. A Cléia, assessora de imprensa e cliente da loja, provou o body com a saia godê. Resultado: ficou uma produção harmoniosa, pois equilibra o justo (do body) com o amplo (da saia).

23 de julho de 2007

Legging



Lembra daquelas calças justas dos anos 80? Pois é, elas voltaram com uma cara mais moderna (ainda bem!). O bom da legging é que ela dá uma afinada nas pernas. Para ressaltar ainda mais esse efeito, procure a legging comprida, ou seja, aquela que tampa o tornozelo. Sei que tem algumas mulheres que não gostam desse tipo de calça porque ela costuma marcar muito a calcinha e as imperfeições, mas isso não te impede de usa-la. Existem no mercado leggings em diversos tecidos. As de viscolycra costumam marcar muito. As ideais são a de Amni que dão maior sustentação ao bumbum, logo, maior segurança também. Tem que provar para sentir a diferença. Além disso, o Amni não desbota e nem faz bolinhas, ou seja, é uma peça que vai durar muito.

17 de julho de 2007

Experimentar para saber



Em algum tópico anterior eu falei sobre as roupas de cor cinza. Pois é, a cor é realmente versátil. Fica linda com cores fortes como a blusa pink da foto. O mais legal é que a Sandra veio aqui na loja e descobriu que as cores fortes ficavam melhor com o tom de pele dela (que é bem clarinha). A idéia é essa. Todas as mulheres devem experimentar para saber o que fica bem e a gente só aprende mesmo errando e experimentando. A própria Sandra me disse que, até então, achava que tons de bege ficavam bem nela, mas aí experimentando as roupas aqui na loja ela percebeu que ficava bem com cores fortes como verde e pink (PS: a maioria das blusas que ela tinha no armário eram bege). Muitas vezes, a gente acha que certas cores neutras como preto, branco e bege ficam bem, pois são discretas e, como costumam dizer as revistas de moda, "não tem como errar". Isso não é bem verdade. Conheço muita mulher que deveria usar outras tonalidades e acha que sempre fica bem de preto. Nem sempre, minha cara, nem sempre. É isso aí. Tem que experimentar para saber.

16 de julho de 2007

Casaco comprido - duas versões




Um casaco básico pode ser usado de diversas formas. Geralmente as pessoas usam com calça, mas ele pode e deve ser usado com vestidos e saias. É um pouco mais difícil, pois para se ter uma proporção bonita o comprimento do casaco e do vestido devem ser parecidos. Quando o vestido é mais comprido que o casaco, fica uma sobra meio estranha visualmente. Outro jeito de usar o casaco comprido é com legging e cacharrel (blusa de gola alta). Fica uma produção clean e muito charmosa. O legal desse casaco é que ele alonga a silhueta, pois o comprimento dele não é tão comprido o que favorece as mais baixinhas que costumam "desaparecer" sob sobretudos.

10 de julho de 2007

O mito da saia godê



As mulheres tendem a pensar que roupas mais largas são ideais para as gordinhas, pois dizem que "disfarça". NEM SEMPRE. Tudo depende muito do corte. Da mesma forma, geralmente, mulheres que tem quadris largos acham que não podem usar saias rodadas. De fato, isso pode ser verdade se a saia armar no quadril, se o tecido for encorpado,... Não é o caso desta saia que por ter cós largo e tecido mais fluido não faz volume na região do quadril. Ou seja, não faz ele parecer maior.

3 de julho de 2007

Camiseta reinventada



Roupa de malha é uma delícia! Quem é que não gosta de uma velha e boa camiseta? A sorte é que os tecidos mudaram e evoluiram. Existem hoje diversos tipos de malha, mas a grande pedida do verão é a viscolycra e suas variantes (viscocrepe,...). Na verdade, é uma malha de camiseta evoluída. Não deforma e não desbota com tanta facilidade. As modelagens também favorecem o conforto, pois ao invés formas mais ajustadas ao corpo, as blusas estão vindo com formas amplas e mais compridas. A Sandra vestiu essa blusa de malha que tem formato trapézio e fica ótima tanto com calça jeans quanto com legging.